10/09/2013

Socialismo utópico

3
Socialismo utópico

Os teóricos do socialismo utópico têm ideias diferentes e propõem soluções diversas.

Alguns dados comuns:

  • Ataque à religião (tradicional);
  • Reformismo / progressismo - Tentativas de reformar a sociedade e de implantar uma nova ordem social, destruindo a ordem tradicional;
  • Tentativas filantrópicas e paternalistas - Melhoria de alojamentos e higiene, construção de escolas, aumento de salários, redução de horas de trabalho…

François Marie Charles Fourier (7/4/1772 - 10/10/1837).

  • Criador das falanges ou falanstérios, grandes construções habitadas por comunidades autossuficientes (até 1600 pessoas), onde cada um trabalharia conformes as suas paixões e vocações. (Ideia inspirada nos mosteiros!)
    • Todos esses projetos falharam. Em geral, só funcionavam 2 ou 3 anos no máximo!
    • Inspiração para os kibutzim, empreendimentos agrícolas coletivizados israelitas (que já se renderam ao capitalismo!).

Pierre-Joseph Proudhon (15/1/1809 - 19/1/1865).

  • Anarquista: defendia uma sociedade sem autoridade.
    • «Aquele que puser as mãos sobre mim, para me governar, é um usurpador, um tirano. Eu declaro-o meu inimigo!»
    • «Propriedade é roubo».
    • «Anarquia é ordem».

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin (30/5/1814 - 1/7/1876).

  • Foi um dos principais expoentes do anarquismo, em meados do século XIX.
    • «A paixão pela destruição é uma paixão criativa.»
    • «Se você pegar no mais ardente revolucionário e o investir de poder absoluto, dentro de um ano ele será pior que o próprio Czar.»

Claude-Henri de Rouvroy, Conde de Saint-Simon (17/10/1760 - 19/5/1825).

  • Previa uma sociedade formada basicamente por cientistas e industriais.
  • Lema: «A cada um segundo a sua capacidade, a cada capacidade segundo o seu trabalho».

Robert Owen (14/5/1771 - 17/11/1858).

  • Fundador da New Harmony (Nova Harmonia), nos Estados Unidos, uma experiência de vida comunitária rapidamente fracassada.
  • Defendia que as pessoas são produtos da hereditariedade e do ambiente, não sendo responsáveis pela sua vontade nem pelas suas ações, devendo ser modificadas pela escola.

Sem comentários:

Publicar um comentário